Voltar à Agenda

A reconquista de Olivenza Ricardo Neves-Neves e Filipe Raposo

EVENTO TERMINADO

Teatro

O novo espetáculo que junta o dramaturgo e encenador Ricardo Neves-Neves e o pianista e compositor Filipe Raposo olha para a história de Olivenza, parcela alentejana do território português ocupada em 1801, por Espanha, com o apoio de França e cuja soberania espanhola não é ainda hoje reconhecida por Portugal. Servindo-se da antiga cultura monárquica ibérica, península reinada entre primos, A Reconquista de Olivenza é um exercício fantasioso sobre o Poder e a Política, a Guerra e quem nela participa, bem como a complexa teia de costumes, leis e crenças que ajudam a criar a nossa identidade, entre outras zarzuelas.
Mesmo após a assinatura do Tratado de Viena, em 1817, que obriga a restituição de Olivenza, Espanha continua a adiar a devolução daquela parcela do território e o Alentejo fica assim indeciso quanto à sua real dimensão. Se Portugal reivindica Olivença aos soluços, Espanha grita o direito sobre Gibraltar, o Rochedo que não é mais do que a última colónia na Europa, onde Inglaterra, a histórica aliada de Portugal, é soberana. E do lado de lá de Gibraltar está Ceuta, antiga cidade portuguesa e atual cidade espanhola, mas dentro do território de Marrocos.

Neste dia, conversa com a equipa artística no final do espetáculo.

Quando

16 Fevereiro 2020, Domingo

17h30

Reconhecimento do palco (pessoas com deficiência visual): 16:30

Onde

Lisboa

São Luiz Teatro Municipal

Telefone 916 307 370

Email nunosantos@egeac.pt

Para Quem

Deficiência visual

Surdos e deficiência auditiva

Jovens (13-17), Adultos, Seniores

Serviços

Audiodescrição

Língua Gestual Portuguesa