Voltar à Agenda

As Cheias de 1967

EVENTO TERMINADO

Visita guiada

Na noite de 25 para 26 de Novembro de 1967, de Cascais a Alenquer, passando por Oeiras, Lisboa, Odivelas, Loures, Alhandra, Alverca, Vila Franca de Xira e Castanheira do Ribatejo, a chuva chegou a atingir os 170 litros por metro quadrado. Em toda a região da Grande Lisboa, a média ultrapassou os 100 litros. Foram cheias rápidas: o Tejo e os afluentes subiram três a quatro metros em poucas horas.

Morreram centenas de pessoas — o Estado Novo falou em 462 mortos, os jornalistas Pedro Alvim, Joaquim Letria e Fernando Assis Pacheco contaram perto de 700.

A Exposição “Cheias de 67” pretende contribuir para um melhor conhecimento da realidade política e social da Região naquela época, bem como dos acontecimentos que marcaram para sempre a História do nosso País. Será também uma oportunidade para a Autarquia Vila-franquense prestar a justa homenagem a todas as vítimas desta tragédia, em particular as do Lugar das Quintas, na Castanheira do Ribatejo, Alverca do Ribatejo e Alhandra, localidades do Município de Vila Franca de Xira que foram então particularmente atingidas.

Quando

14 Dezembro 2019, Sábado

10h00

7 Dezembro 2019, Sábado

10h00

Para Quem

Surdos e deficiência auditiva

Jovens (13-17), Adultos, Seniores

Serviços

Língua Gestual Portuguesa