Voltar à Agenda

Boca Fala Tropa (Alkantara 22) de Gio Lourenço

EVENTO TERMINADO

Teatro

A partir de um corpo a vários tempos e tendo como base os movimentos do Kuduro, Gio Lourenço (Angola,1987) constrói um itinerário biográfico onde o corpo se torna uma alegoria da memória. O Kuduro surge nos anos 90, em Luanda, no contexto de uma guerra civil. Os códigos específicos deste estilo de música / dança chegavam a Portugal através do corpo e das K7s dos que transitavam entre estes dois países. É na adolescência, no final dos anos 90 e já a viver em Portugal, que Gio Lourenço entra em contacto com este universo e se torna kudurista, descobrindo um corpo partido – o seu – onde a memória se reinventa no gesto. BOCA FALA TROPA propõe um território artístico deslocado de uma geografia concreta – o trânsito entre Angola e Portugal – partindo dos passos e dos códigos do Kuduro para cruzar elementos da memória individual, e as suas inevitáveis ficções, com elementos da memória coletiva.

Quando

26 Novembro 2022, Sábado

16h00

Para Quem

Surdos e deficiência auditiva

Adultos

Serviços

Língua Gestual Portuguesa