Voltar à Agenda

Terreno Selvagem 2 — Miguel Castro Caldas, Pedro Gil e Raquel Castro TMP – Teatro Municipal do Porto

Visitar Sítio Web do evento

Teatro

Terreno Selvagem 2 é um díptico inspirado nos primeiros 10 anos de Pedro Gil e Raquel Castro, enquanto pai e mãe de uma filha. Juntamente com Miguel Castro Caldas, inventaram uma personagem filha, uma personagem pai e uma personagem mãe. Na primeira parte (2016), a filha com 5 anos brincava com os pais às encomendas e, em todas, a filha perdia os seus progenitores e ia parar a uma casa onde vivia um casal que a adotava. Certo dia, enquanto dormia, a discussão do pai e da mãe entrou pelos ouvidos da filha e sonhou que os pais tinham problemas económicos e que a iam abandonar para cortar nas despesas. No sonho, a filha era adotada por um casal que a educava e amava exatamente da mesma forma que o pai e a mãe a educavam e amavam na realidade. O tempo foi passando e o Terreno Selvagem continua. — Miguel Castro Caldas, Pedro Gil e Raquel Castro

Miguel Castro Caldas escreve e coloca em cena peças de teatro. Fez dramaturgia de espetáculos, traduz ocasionalmente e dá aulas de teatro, literatura e artes marciais. Ganhou uma Menção Honrosa em 2005 pela atividade de dramaturgo pela Associação de Críticos de Teatro e o prémio SPA 2017 para o melhor Texto Português representado com Se Eu Vivesse Tu Morrias. Alguns dos seus textos estão traduzidos em cantonês, espanhol, francês, húngaro, inglês e italiano.

Pedro Gil faz teatro desde 1999. Interpreta, escreve, encena, investiga e produz. Enquanto encenador destacam-se os espetáculos Don Juan Esfaqueado na Avenida da Liberdade O Inesquecível Professor. É codirector artístico da companhia Razões Pessoais.

Raquel Castro é licenciada em Teatro na ESTC (2008). Licenciada em Enfermagem (2004). Como intérprete trabalhou em teatro com Pedro Gil, Gonçalo Amorim, Madalena Victorino, Giacomo Scalisi, Ricardo Gageiro, Mickael Oliveira, Nuno M Cardoso, Mónica Calle, Rui Pina Coelho, Tónan Quito e Tiago Rodrigues. Desde 2013 que produz e cria espetáculos, sendo os seus mais recentes trabalhos OLHAR DE MILHÕES (2017), Turma de 95 (2019) e A MORTE DE RAQUEL (2020). É codirectora artística da companhia Razões Pessoais.

Quando

9 Dezembro 2022, Sexta-feira

19h30

10 Dezembro 2022, Sábado

19h30

Para Quem

Surdos e deficiência auditiva

Adultos, Seniores

Serviços

Língua Gestual Portuguesa