Threshold de Mariana Tengner Barros

Visitar Sítio Web do evento

Dança

Na nova peça de grupo de Mariana Tengner Barros, THRESHOLD, 3 intérpretes dançam o enigma do Cromeleque de Almendres. Dançam as criaturas que são, na fluidez da matéria dos corpos. Lenda instantânea de 3 fogueiras cósmicas. A dança desenha o indizível, o que se pode somente vivenciar, e apenas sobrevive na memória de quem o testemunha.

THRESHOLD celebra corpos completamente híbridos e andróginos, que operam em tempos distintos, misturando ritmos e emoções, diversas entidades e seres, várias peculiaridades do corpo em movimento. O espetáculo explora as ideias de processamento e partilha de informação em torno do Cromeleque de Almendres, um dos mais antigos cromeleques que se conhece no mundo, mais antigo que o famoso Stonehenge no Reino Unido. Constitui por isso lugar de limiar, onde se sente a presença de outro mundo, e onde se pode imaginar oque foi feito e por quem. A equipa propôs-se a descobrir o que este lugar tem para dizer, aos veículos-bailarinos, músicos, perfomers: os que movem o invisível. Foram a Almendres sentir a informação que está contida nas pen drives ancestrais: as pedras. Desafiaram-se a descodificar os seus segredos, através do despertar da memória cósmica.

Quando

9 Março 2024, Sábado

21h30

Para Quem

Deficiência visual

Adultos, Jovens (13-17), Seniores

Serviços

Audiodescrição